Hospitais Yutaka Takeda e 5 de Outubro suspendem atendimento eletivo e alertam para fake news sobre o coronavírus

_Seguindo orientações de órgãos de saúde, as consultas, exames e cirurgias eletivas foram suspensas. As unidades também destacam a importância de não compartilhar informações falsas_

 

Os hospitais Yutaka Takeda, em Parauapebas, e 5 de Outubro, em Canaã dos Carajás, gerenciados pela Pró-Saúde no Estado do Pará, informam que, a partir desta quinta-feira, 19/3, todos os atendimentos eletivos estão suspensos. A medida atinge consultas, exames e cirurgias eletivas. A medida envolve as orientações do Ministério de Saúde, Conselho Federal de Medicina (CFM) e a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), como forma de prevenção e segurança de pacientes ao coronavírus (Covid-19). A suspensão é válida por tempo indeterminado.

As exceções envolvem somente as consultas de acompanhamento pré-natal e a primeira consulta do recém-nascido, que já tem seu agendamento realizado no momento da alta do bebê. O Pronto Socorro permanece aberto para atendimento de Urgência e Emergência, assim como o Centro Cirúrgico das unidades.

 

Medidas adotadas pelo Yutaka Takeda e 5 de Outubro

Seguindo as recomendações do Ministério da Saúde, os hospitais Yutaka Takeda e 5 de Outubro irão funcionar da seguinte forma:

 

– No caso de pacientes com suspeita?

As unidades irão seguir o procedimento necessário, conforme as orientações preconizadas pelo Ministério da Saúde, mantendo o paciente em isolamento hospitalar, caso necessário.

 

– O que será feito caso um paciente seja diagnosticado com Covid-19 na unidade?

O atendimento será realizado conforme as orientações preconizadas pelo Ministério da Saúde, sendo necessária a internação hospitalar. O paciente ficará em isolamento e receberá o tratamento indicado, de acordo com a complexidade de seu caso.

 

– Como posso acompanhar sobre os casos suspeitos e confirmados no Brasil e em nossa região?

Na plataforma Integrada de Vigilância em Saúde (IVIS), do Ministério da Saúde, os casos suspeitos, confirmados, descartados e de óbitos são atualizados diariamente e estão disponíveis no seguinte endereço: http://plataforma.saude.gov.br/novocoronavirus/

 

Saiba como evitar o coronavírus:

– Sempre lavar as mãos com água, sabão e, se possível, álcool em gel;

– Não coçar os olhos e colocar a mão na boca;

– Optar pelo uso de lenços descartáveis para limpeza ocular;

– Cobrir o nariz e/ou boca ao espirrar e/ou tossir com lenços de papel descartável;

– Não compartilhar objetos de uso pessoal;

– Limpar regulamente o ambiente e mantê-lo ventilado;

– Em casos de dificuldade para respirar e febre alta, procure um médico.

 

Cuidado com as fake news

Os dois hospitais informam ainda que não possuem pacientes internados com suspeita ou confirmados com o coronavírus (Covid-19).

O alerta faz parte de uma necessidade de combater fake news, que se apoiam no medo e utilizam contextos da realidade ou relevantes, porém com conteúdo falso, gerando uma informação manipulada, geralmente contra pessoas públicas ou instituições respeitadas.

Os boatos e notícias falsas são fabricadas para chamar a atenção, estimulando a circulação rápida e causando alarde e pânico.

 

Dicas para evitar fake news:

– Verifique a fonte e o autor: É importante checar a origem da notícia e onde está publicada, se o veículo existe e é confiável. Se não tiver fonte, não repasse.

 

– Confirme a informação: Sempre busque confirmar as informações em veículos de imprensa mais conhecidos, como grandes portais de notícias. Confirme antes de repassar!

– Leia além do título: A chamada da matéria pode ser construída apenas para obter sua atenção e não estar de acordo com o conteúdo. Leia a notícia inteira!

Na saúde, fake news podem matar. Não espalhe boatos e fique atento. Todos são responsáveis pela informação que é repassada para outras pessoas.