Com novo Pronto-Socorro, Hospital 5 de Outubro realiza mais de 300 mil atendimentos em 2020

 

Apenas no PS exclusivo para os casos do novo coronavírus, o hospital prestou mais de 8 mil atendimentos e satisfação dos usuários atingiu 91%

Com os desafios da pandemia causada pela Covid-19, o ano de 2020 foi de fortalecimento da qualidade assistencial no Hospital 5 de Outubro (HCO), em Canaã dos Carajás, no Norte do Pará.

A unidade, gerenciada pela Pró-Saúde desde 2006, foi projetada para apoiar as operações da Mina Sossego e a implantação do projeto S11D, na Serra dos Carajás.

Em 2020, o HCO realizou 345.266 mil atendimentos entre consultas ambulatoriais, exames, internações e cirurgias. Ao longo do ano, também foram realizados 323 partos. A qualidade assistencial obteve reconhecimento dos usuários, que alcançou índice de 91% de satisfação no ano passado.

Frente às necessidades da população de Canaã dos Carajás, o hospital implantou o Pronto-Socorro Gripar, voltado exclusivamente para os cuidados de pacientes suspeitos ou confirmados do novo coronavírus.

Os leitos do Pronto-Socorro são equipados com monitores e ventiladores pulmonares, itens indispensáveis para os casos mais graves da doença. A unidade conta com equipe especializada e treinada para agir de forma rápida.

No ano passado, desde a sua implantação no mês de março, o Pronto-Socorro realizou 8.092 atendimentos entre urgências e emergências. A unidade de internação tratou 184 pacientes confirmados com a doença.

“Nossos profissionais receberam diversos treinamentos técnicos específicos para o combate ao novo coronavírus, reforçando a nossa missão na assistência segura e de qualidade, diretrizes também da Pró-Saúde”, destaca Marcos Silveira, diretor Hospitalar.

A unidade comemora, ainda, uma marca importante: nenhum óbito pela doença foi registrado até o momento. “O nosso trabalho resultou em taxa de zero mortalidade por Covid-19 dentro da nossa instituição”, ressalta Silveira.

Novas especialidades

No ambiente hospitalar do HCO, novas especialidades foram criadas com o objetivo de avançar na área assistencial. Áreas como infectologia, urologia, vascular e cirurgia do aparelho digestivo estão disponíveis na unidade, ampliando o leque de serviços oferecidos à comunidade.

A ortopedia agora possui profissionais na realização de cirurgias de joelho, ombro, mão, pé, tornozelo e coluna. O parque tecnológico do HCO também conta com estrutura para exames de endoscopia e laboratoriais, além de consultórios modernizados e com capacidade de visualizar imagens radiológicas em tempo real.

“Todos os avanços realizados em 2020 estão reforçando e melhorando o nosso trabalho, construindo uma nova forma de atender a população de Canaã e ampliando a qualidade assistencial”, explica o diretor Hospitalar.

Assistência virtual à gestante

Com a necessidade do isolamento social e promoção da segurança, o HCO tem promovido assistência de forma diferenciada às gestantes durante o pré-natal.

Para auxiliar na gestação e nas medidas a serem tomadas pelas futuras mães, especialistas em ginecologia, obstetrícia e pediatria do hospital promovem cursos no formato online.

O objetivo é esclarecer as dúvidas mais frequentes sobre a gravidez, os tipos de parto, cuidados no pós-parto e com o recém-nascido, vacinas necessárias, alimentação da gestante, amamentação exclusiva e alterações hormonais.

Curso de Cuidador de Idosos

Em 2020, o Hospital 5 de Outubro realizou o primeiro Curso de Cuidador de Idosos. A iniciativa pioneira na unidade realizou a capacitação de 30 alunos, apresentando os cuidados necessários na terceira idade, de forma ética, profissional e humanizada.

O curso foi realizado de forma gratuita e voltada para pessoas de baixa renda. O projeto é uma iniciativa do 5 de Outubro em parceria com a Agência de Desenvolvimento Econômico e Social de Canaã.

Nutrição sustentável

Em outra ação desenvolvida pelo hospital, o Serviço de Nutrição e Dietética do HCO, em parceria com a Vale, realizou a Oficina de Melhor Aproveitamento de Alimentos, voltada para famílias em vulnerabilidade assistidas pelo Instituto Acrescer.

Além de proporcionar aos participantes o conhecimento relacionado ao valor nutricional, o curso também estimulou o aproveitamento total dos alimentos, em especial frutas e verduras.

Combate à violência doméstica

Durante a campanha do Outubro Rosa, o HCO aderiu ao projeto Salve uma Mulher, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). A ação contou com a participação do juiz de direito da 1ª Vara Cível de Canaã dos Carajás, Danilo Fernandes, um dos maiores ativistas do assunto na região.

“O melhor caminho no combate à violência contra mulher é o diálogo e a educação. Quero encorajar as mulheres para que busquem apoio e seus direitos”, disse Fernandes.

O projeto contempla a realização de ações de sensibilização, campanhas e capacitação de voluntários, por meio de agentes públicos e privados. Neste trabalho, o 5 de Outubro possui parceria com a Agência Canaã e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) do município.

“Uma unidade de saúde é um espaço de fala e de prevenção. Só vamos conseguir avançar no enfrentamento a essa violência com o envolvimento de toda a sociedade. É por meio da prevenção, denúncias e diálogo que vamos mudar esse cenário”, explica a assistente social Edlaine Lopes.

Cuidados com a saúde mental

Entre as principais questões levantadas no ano de 2020 foi a saúde mental. O tema também envolve os profissionais de saúde, que precisam encarar os efeitos emocionais no enfretamento da pandemia.

“Devido ao cenário da pandemia e suas complexidades, sentimentos como medo, insegurança, ansiedade, estresse e angústia podem ser desencadeados, afetando principalmente os profissionais na linha de frente”, explica Glauciene Amorim, psicóloga do HCO.

Os profissionais de saúde são incentivados a compartilhar suas experiências. O hospital conta com uma macieira simbólica, chamada de “Árvore da Esperança”, usada como troca de mensagens de apoio, elogios e homenagens aos profissionais.