Hospital 5 de Outubro celebra aniversário de paciente internado com Covid-19

Com apoio da família, a equipe decorou o quarto com cartinhas feitas pelas filhas do paciente

A adoção de práticas de humanização é um dos princípios organizacionais da unidade gerenciada pela Pró-Saúde em Canaã dos Carajás

A equipe da linha de frente do Hospital 5 de Outubro (HCO), que atua na área exclusiva para casos suspeitos ou confirmados para Covid-19, mudou a rotina de trabalho na tarde da terça-feira, 18, para celebrar o aniversário de 40 anos do paciente Antônio Prado. 

Com apoio da família, a equipe decorou o quarto com cartinhas feitas pelas filhas do paciente, que está internado na unidade hospitalar desde o dia 14 de maio.

Para ele, foi uma enorme surpresa receber o carinho das filhas. Antônio agradeceu os cuidados da equipe. 

Para Edlaine Lopes, assistente social do 5 de Outubro, a adoção de práticas de humanização torna o processo de recuperação mais agradável e positivo, respeitando a individualidade de cada um.

“Quando os profissionais de saúde proporcionam esse tipo de comemoração ao paciente, ele se sente importante, valorizado e acolhido. Isso melhora o lado emocional, faz bem tanto para quem está internado quanto para a família”, explicou a profissional. 

O Serviço de Nutrição e Dietética da unidade ficou responsável por preparar um bolo para o aniversário surpresa. Tanto a alimentação diferenciada quanto a organização para o momento seguiram as diretrizes de segurança e recomendações médicas.  

Fundado pela mineradora Vale, o Hospital 5 de Outubro possui estrutura de pequeno porte, com capacidade para atender casos de até média complexidade. A unidade é gerenciada pela entidade filantrópica Pró-Saúde.

Diante da pandemia, a unidade ampliou o número de leitos, equipamentos e profissionais, reforçando a estrutura de atendimento em uma região remota do país, em meio à floresta Amazônica.

Em 2020, o hospital realizou mais de 340 mil atendimentos, entre consultas ambulatoriais, exames, internações e cirurgias. Ao longo do ano, também foram realizados 323 partos. A qualidade assistencial obteve reconhecimento dos usuários, que alcançou índice de 91% de satisfação no ano passado.