Profissionais de saúde participam de doação de sangue em Canaã dos Carajás

A ação tem como objetivo estimular o aumento dos estoques com apoio de voluntários

A doação de sangue é um gesto capaz de salvar a vida de até quatro pessoas. Motivados pela solidariedade, colaboradores do Hospital 5 de Outubro (HCO), em Canaã dos Carajás, no interior do Pará, doaram sangue em prol da campanha “Junho Vermelho” no último sábado, 19.

A campanha integra as ações de conscientização desenvolvidas durante o ano para estimular a continuidade do abastecimento de estoques nos centros de hematologia, com o intuito de aumentar o número de doadores, principalmente no período de pandemia.

Cerca de 20 profissionais de saúde do 5 de Outubro, unidade gerenciada pela entidade filantrópica Pró-Saúde, se organizaram e doaram sangue na Fundação Hemopa.

Francisca Jaine Silva de Souza, técnica de Enfermagem do HCO, não escondeu a ansiedade para realizar a sua primeira doação. “Estou feliz em poder ajudar pessoas que eu nem conheço. É um gesto simples e que salva vidas”, comemorou.

Em média, entre 410ml e 454ml são coletados durante cada doação de sangue. No mesmo dia, o organismo humano é capaz de repor o sangue doado. Todos os materiais usados no procedimento são descartáveis e, mesmo com as restrições de distanciamento, o processo de doação de sangue é seguro.

Doadora há muitos anos, Lidieni Cristina Cruz, aproveitou a campanha para realizar mais uma doação. “Sempre que surge uma oportunidade eu participo. Hoje eu trouxe meus dois filhos para realizarem a primeira doação deles”, contou.

Quem pode doar?

Para doar, saiba os principais requisitos e condições:

– Estar em boas condições de saúde;
– Apresentar documento oficial de identidade com foto;
– Ter idade entre 16 e 69 anos, sendo que os candidatos a doadores com menos de 18 anos deverão estar acompanhados pelos pais ou responsável;
– Pesar no mínimo 50 quilos;
– Não estar em jejum e evitar alimentação gordurosa;
– Ter dormido pelo menos 6 horas antes da doação;
– Não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação e não fumar pelo menos duas horas antes da doação;
– Quem teve Covid-19 também pode voltar a doar sangue, só precisa esperar 30 dias após a recuperação. Quem teve contato com pessoas que tiveram a doença deve esperar 14 dias após o último contato.

Quem foi imunizado contra a Covid-19 pode doar?

Centros de hematologia em todo país informam que as pessoas imunizadas contra a Covid-19 também podem doar sangue. Para isso basta aguardar o período estipulado para cada tipo de vacina.

– Coronavac/Butantã: É indicado o prazo de 48 horas de inaptidão para doação de sangue, após cada dose.

– AstraZeneca/Fiocruz: O prazo é de sete dias após cada dose.

– Pfizer/BioNtec: O prazo é de sete dias após cada dose.

Informações sobre doação de sangue

– Agência transfusional de Canaã: no Hospital Municipal, localizado na Rua Tabajara S/N, Canaã dos Carajás.

– Hemocentro Regional Marabá: na Rodovia Transamazônica, Quadra 12, S/N (Agrópoli do Incra). Contato pelos números (94) 3324-1096 ou (94) 3312-9150.